Voltar

Categoria: Redes Sociais

Mídia Paga e Mídia Orgânica

17/abr/2018

A mídia orgânica, de forma simplificada, é a mídia não paga. Ela geralmente é conquistada por meio de estratégias de SEO, que consiste na oferta de conteúdo relevante com objetivo de atrair consumidores, conduzi-los da melhor forma ao longo do processo de compra e fidelizá-los.

O conteúdo empresarial veiculado em canais digitais oficiais, como blog posts, ou matérias que citem a organização na imprensa tradicional, desde que distribuídos de forma gratuita, são exemplos de mídia orgânica.

Resumidamente, o espaço e a mídia são conquistados, não comprados.

Com base no que foi dito, conclui-se que a escolha entre mídia paga ou orgânica depende dos objetivos e dos recursos que a empresa dispõe. O ideal, no entanto, é apostar em ambas as estratégias, reforçando uma delas, caso seja vantajosa. A mídia orgânica é a base sólida, enquanto a mídia paga é o voo alto e ousado.

A Ludika Digital sempre esgota inicialmente as possibilidade da mídia orgânica, para depois investir em mídia paga, podendo variar dependendo da estratégia.

 

Vantagens de midia paga:

  • Aumento de visibilidade
  • Formatos variáveis
  • Flexibilidade nos investimentos

 

Vantagens da mídia orgânica

  • Uma das vantagens da mídia orgânica é a credibilidade. Como o espaço ou a visibilidade são conquistados, pressupõem-se que o conteúdo — e a empresa que o gerou — têm qualidade, o que gera confiabilidade.
  • O resultado?  Consumidores enxergam a marca como referência no assunto, é criada uma autoridade e, assim, cresce o sentimento de segurança por parte dos clientes potenciais.
  • E, não menos importantes, são os resultados a longo prazo: a mídia orgânica tem um retorno um pouco mais lento do que a mídia paga, mas ele tende a ser mais sólido e duradouro.

 

 

Últimas
do Blog